sábado, 9 de janeiro de 2016

Como aproveitar o Ensino Médio


Ensino Médio é um dos períodos escolares mais importantes da nossa vida e um dos mais idealizados. De tanto vermos filmes americanos, temos na mente que, quando chegarmos lá, teremos nossos próprios armários, participaremos dos jogos da escola e seremos lideres de torcida. No Brasil não é assim. Contudo, como ex estudante do ensino médio, venho aqui dar algumas dicas para que você aproveite bem esse período e, de quebra, tenha um High School melhor do que os dos gringos =D 

1. Estude (dãã!)


Talvez você tenha feito uma cara feia ou ter dito/pensado que isso é óbvio. Mas se é tão óbvio, porque as pessoas não o fazem? Acredito que é importante frisar a questão do estudo desde o início porque a grade curricular do EM aqui no Brasil é muito extensa. Por isso, não adianta querer estudar só no terceiro ano achando que vai conseguir absorver tudo. Até porque, terceiro ano é para revisão, e não aprendizado. Então, dedique um tempo todos os dias para rever a teoria dada em aula e fazer os exercícios do seu livro – caso ainda apresente dificuldade no assunto, faça as listas do Projeto Medicina. Independentemente de sua escolha profissional, dê o seu melhor para aquilo e verá que, mesmo que você ingresse na universidade direto do EM, você não tardará a sair do cursinho ;)

      2. Aproveite sua família e seus amigos 


      Quando você entrar na universidade, provavelmente vai se separar de ambos – seus pais não irão se mudar junto com você para a cidade que abriga sua faculdade e a chance de todos os seus amigos passarem no mesmo lugar é pífia. Por isso, evite problemas, conflitos e situações desagradáveis. Use cada momento para construir boas memórias, porque, depois, para disponibilizar um tempo para seus parentes ou para reencontrar seus amigos, será difícil.

3.  Desfrute do que sua escola pode oferecer


Ao invés de reclamar que na sua instituição educacional não possuí armários, jornal e equipe de lideres de torcida, descubra quais são os serviços que sua escola apresenta e veja qual encaixa em você. Qualquer uma dessas atividades “por fora” traz algo enriquecedor para sua vida, seja em termos de memórias, seja em termos de conhecimento. Por exemplo:

      3.1. Meu colégio, no período de São João, priorizou fazer festas juninas tradicionais. Graças a isso, eu participei da quadrilha do EM durante os três anos do curso. Tenho ótimas lembranças e histórias para contar aos meus netos em um futuro bem distante haha

      3.2 Todo aluno da minha escola era incentivado a participar de olimpíadas estaduais e nacionais. Havia algumas competições que a instituição oferecia aulas preparatórias no turno oposto. Nisso, participei de aulas para a OBF, OBB e OBA. Posso não ter ganho medalha alguma, mas ganhei muito conhecimento.
      
      4. Aprenda a ter responsabilidade sobre sua vida

Imprima essa frase e coloque em algum canto da sua moradia universitária :)

Se você não tem ideia de como cozinhar arroz, então é melhor aprender logo. Como disse no tópico dois, a chance de você continuar morando com seus responsáveis após o EM é pequena. Logo, seus dias de mordomia estarão com os dias contados. Não haverá mais alguém para cozinhar e limpar a casa para você, nem para pagar suas contas. Por isso, aproveite enquanto você ainda convive com pessoas que, com certeza, estarão dispostas a lhe ensinar um pouco sobre “ser adulto” se você pedir.

Então, pessoal, foi isso. Espero que tenham gostado das dicas J Caso as ponha em prática e veja que valeu a pena, me avise. Vou amar saber que pude ajuda-los =) Um beijo e até o próximo post!

2 comentários:

  1. Certíssima...
    O ensino médio sem duvida é uma das melhores épocas das nossa vidas, muitas descobertas e aprendizados, muitas amizades. Aproveitar com responsabilidade essa fase é fundamental .
    Beijos maria....

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post!
    De fato, o ensino médio passa voando e do nada já caímos em uma vida de adulto totalmente nova! Desde de já é importante aprender a se virar bem...

    http://doisjeitos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir